logo-abrafrutas
 - 
English
 - 
en
Portuguese
 - 
pt
Spanish
 - 
es
[gt-link lang="en" label="English" widget_look="flags_name"]
[gt-link lang="es" label="Españhol" widget_look="flags_name"]

ENTRE EM CONTATO

+55 61 4042-6250

Safra do caju está de volta: entenda os vários benefícios do fruto à saúde

Saboroso e aromático, seja em polpa ou suco, a fruta traz diversos benefícios à saúde

O caju é um dos frutos que mais auxiliam o sistema imunológico, por ser rico em nutrientes, como apontam especialistas. Nesta época do ano, quando o calor aumenta, crescem também os frutos no cajueiro e é possível encontrar as feiras de Belém repletas de caju prontos para a venda. Nesta terça-feira (29), pessoas que estiveram na feira da Pedreira à procura do fruto que, seja em polpa ou suco, comentaram os diversos benefícios à saúde.

A fruta é uma aliada para a saúde, uma vez que é rica em diversos nutrientes essenciais para o bem-estar, como explica a nutricionista Amanda Melissa.

“O caju é uma fruta rica em vitamina C, zinco, ferro, que auxiliam no sistema imunológico, e em fibras solúveis, que facilitam em uma digestão mais lenta dos carboidratos, controlando a taxa glicêmica”, relata.

Além disso, segundo a especialista, o alimento também traz outros inúmeros benefícios nutricionais, pois ainda “auxilia como antioxidante, atua prevenção de anemia, combate infecções, melhora a memória e ajuda na perda de peso”.

No dia a dia, existem diversas formas para o consumo da fruta, como pontua a especialista. Seja in natura ou como suco. Segundo ela, “o ideal é que seja natural para o melhor aproveitamento de suas propriedades”. “Pode ser consumido natural, com casca, como bolo, ceviche vegetariano, biscoitos, pães e leite da castanha de caju”, afirma Amanda.

O pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Marlos Bezerra enfatiza que o ciclo anual do cajueiro ocorre após períodos de chuvas. Por outro lado, ele explica, ainda, que em algumas regiões do Brasil o processo de frutificação também pode ser visto ao longo de todo o ano.

“Assim, em quase todo o Nordeste, a safra ocorre no segundo semestre, época sem chuvas. Tradicionalmente [a safra], se inicia pelo Piauí, depois Ceará e Rio Grande Norte. No Ceará, a safra ocorre normalmente entre setembro e dezembro, podendo haver uma janela maior ou menor em função do regime de chuvas do ano”, ressalta.

Marlos também aponta para alguns benefícios da fruta: “Primeiro temos que separar o fruto do caju nas suas frações. Começando pela amêndoa, ela é rica em lipídeos, carboidratos e proteínas. Portanto, é um excelente alimento. A fração óleo da amêndoa de caju é rica em ácidos graxos”. Se olharmos para o pedúnculo, também conhecido como pseudofruto ou maçã do caju, o mesmo é um excelente alimento: saudável, saboroso e nutritivo”.

“Aqui, também, se olharmos a fração suco, retirado após prensagem do pedúnculo, encontramos bastante açúcares, vitamina C e minerais como potássio, fósforo e magnésio. O que sobra da prensagem é um bagaço rico em fibras e outros compostos com propriedades funcionais, além de serem fonte de polifenóis e carotenoides, que vem sendo largamente utilizado na alimentação humana”, complementa o pesquisador da Embrapa.

Fruto atrai consumidores

O caju pode estragar muito rapidamente, já que a sua composição é de 80% a 90% de água. Dessa maneira, chega a ser comum ver locais com árvores carregadas com o fruto e muitos deles já estragados. Saboroso e aromático, a fruta ganha a preferência dos consumidores nas feiras e comércios de Belém, devido ao valor acessível e o rendimento da polpa. No entanto, ele também acaba sendo a escolha preferida daqueles que sabem os benefícios que o caju traz ao corpo, principalmente ao sistema digestivo. O representante comercial Bradmir Costa, de 58 anos, foi à feira, nesta terça, justamente para garantir o fruto.

“Eu compro o caju constantemente, é uma das minhas frutas preferidas. Eu não deixo faltar em casa devido ao benefício à saúde e, também, porque o suco é maravilhoso. Aqui no Pará, nós somos ricos em frutas e eu gosto de dar preferência a essas frutas que temos em abundância. Quando se trata do caju, eu gosto de comer ele natural ou em suco, que é uma delícia. Eu tomo também devido aos benefícios, já que ele (caju) ajuda a regular o intestino. Então, eu sempre tomo, para deixar 100% o estômago”, relata.

Fruto atrai consumidores nas feiras da capitalFruto atrai consumidores nas feiras da capital (Igor Mota / O Liberal)

 

Raimundo do Socorro Silva, é vendedor de frutas na feira da Pedreira há mais de 40 anos. Dono de uma das bancas mais conhecidas do local, ele diz que o caju é sempre uma das frutas mais procuradas quando está em safra. “O pessoal procura muito na feira. A maioria dos fruteiros aqui não tem caju. Mas, como a gente tem um sítio, trazemos tudo de lá. A venda dele aqui é muito popular e sai bem.

Feirante diz que o fruto é um dos mais procurados nessa época do anoFeirante diz que o fruto é um dos mais procurados nessa época do ano (Igor Mota / O Liberal)

“Como tá no começo da safra, ele é caro. Mas, como eu trago direto, vendo mais em conta. A maioria dos compradores pergunta sobre o caju por causa de doenças. Ele é um remédio caseiro e um ótimo cicatrizante. Ninguém vê por dentro (do corpo) e o caju vai lá e faz o papel dele”, diz o comerciante.

Segundo “Rai”, como o feirante é chamado na feira, desde quando era menino escutava falar sobre os benefícios do caju. “Tá chegado a época do caju agora. Ele é cicatrizante, serve para diarreia, combate outras doenças, esses negócios de estômago, ele é bom porque é ácido. Se a pessoa chupar o fruto, ele combate a gastrite também. É bom porque tá na safra, agora ele vai até o mês de outubro e depois fica mais escasso. Tudo por causa do calor, ele dá mais no verão”, explica o comerciante.

Benefícios do caju

  • Fortalece o sistema imunológico
  • Ajuda na perda de peso
  • Combate infecções
  • É antioxidante
  • Previne a anemia

FONTE: Amanda Melissa (nutricionista)

(Com a colaboração de Gabriel Pires, estagiário, sob a supervisão de Lázaro Magalhães, coordenador do Núcleo de Atualidades)

Fonte: O liberal

[glt language="English" label="English" image="yes" text="yes" image_size="24"]
[glt language="Spanish" label="Español" image="yes" text="yes" image_size="24"]