logo-abrafrutas
 - 
English
 - 
en
Portuguese
 - 
pt
Spanish
 - 
es
[gt-link lang="en" label="English" widget_look="flags_name"]
[gt-link lang="es" label="Españhol" widget_look="flags_name"]

ENTRE EM CONTATO

+55 61 4042-6250

Inspetores da Malásia realizam vistorias para abertura de mercado para maçã e melão brasileiro

Nesta semana, inspetores da Malásia estão no Brasil para realizar vistorias em áreas de produção de maçã no Rio Grande do Sul e de melão no Rio Grande do Norte. A Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas) está acompanhando de perto essa importante missão, que visa à abertura do mercado malaio para essas frutas brasileiras, com a finalidade de ampliar as oportunidades de exportação.

Além da Abrafrutas, a Associação Brasileira dos Produtores de Maçã (ABPM) e do Comitê Executivo de Fruticultura do Rio Grande do Norte (COEX) estão participando ativamente dessa importante missão. Essa cooperação demonstra o engajamento conjunto do setor frutícola brasileiro nesse processo de abertura de mercado para as frutas brasileiras na Malásia.

A visita dos inspetores em regiões produtoras de maçã e melão é mais um passo importante para fortalecer as relações comerciais entre Brasil e Malásia e impulsionar o setor de fruticultura brasileira no mercado internacional.

O auxiliar técnico da Abrafrutas, Victor Mendes, que tem acompanhado as visitas nas áreas de produção enfatiza a importância da entidade em estar junto neste processo e reafirma o compromisso da entidade em apoiar e representar os interesses dos produtores de frutas do Brasil.

“Estamos dedicados a acompanhar de perto cada etapa, pois compreendemos sua relevância para o setor. A presença ativa da Abrafrutas reforça o compromisso e a representatividade em prol dos produtores brasileiros”, afirma Victor Mendes.

 

Durante as visitas, serão verificados diversos itens nas áreas de produção e no empacotamento, incluindo monitoramento de pragas, gestão da produção, critérios de colheita, rastreabilidade, seleção e embalagem das frutas.

Inspetores se reúnem e discutes temas de interesse

Antes do início das auditorias, os inspetores participaram de uma reunião de abertura na Estação Experimental de Fruticultura de Clima Temperado da EMBRAPA, localizada em Vacaria-RS. Durante o encontro, foram discutidos temas cruciais, como o monitoramento oficial de pragas e doenças quarentenárias presentes no Brasil que afetam a produção de maçã, além do manejo fitossanitário destinado a controlar essas pragas e doenças.

Os temas foram apresentados pelos representantes da Embrapa, Dr. Adalécio Kovaleski, especialista em entomologia, e Dr. Silvio Alves, especialista em Fitopatologia. Além destes, estiveram presentes também na reunião representantes do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA), da Superintendência de Agricultura e Pecuária do Estado do Rio Grande do Sul – SFA/RS e da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação (Seapi).

Localizada estrategicamente no Sudeste Asiático e atravessada por importantes rotas comerciais intercontinentais, a Malásia se destaca, de acordo com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), por sua economia dinâmica e voltada para as exportações.

Em 2022, a economia malaia alcançou a 36ª posição entre as maiores do mundo e a quarta dentro da Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN), registrando um crescimento impressionante de 8,7%, classificado como o vigésimo maior índice global.

Ainda de acordo com a ApexBrasil, projeções indicam que até 2027, a Malásia está caminhando para se tornar um país de renda alta. Esse avanço econômico, aliado ao crescimento demográfico e ao destaque no comércio internacional, oferece oportunidades promissoras para exportadores de alimentos, uma vez que o país é um importador líquido de produtos alimentícios.

Por: Telma Martes, comunicação Abrafrutas