logo-abrafrutas
 - 
English
 - 
en
Portuguese
 - 
pt
Spanish
 - 
es
[gt-link lang="en" label="English" widget_look="flags_name"]
[gt-link lang="es" label="Españhol" widget_look="flags_name"]

ENTRE EM CONTATO

+55 61 4042-6250

Vale do São Francisco é referência em empreendedorismo aponta Ministro das Relações Exteriores em visita a região

Nesta segunda-feira, dia 31, a Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Frutas e Derivados (ABRAFRUTAS) recebeu na região do Vale do São Francisco, o ministro das Relações Exteriores, Carlos França, e o presidente da Agência Brasileira de Promoções e Exportações (Apex-Brasil), Augusto Pestana. A visita que foi organizada pela Associação teve como objetivo apresentar áreas produtoras de frutas e o potencial da região como exportadora, além disso, debater e discutir ações que visam a abertura de novos mercados junto aos produtores da região.

O presidente da Abrafrutas, Guilherme Coelho, acompanhou o ministro e comitiva a uma vinícola e uma fazenda produtora de frutas, em Petrolina. Carlos França ressaltou a potencialidade, assim como o empreendedorismo pujante da região.

O dirigente da pasta participou também de uma reunião entre os produtores exportadores associados da Abrafrutas que relataram as dificuldades e os entraves existentes, como tarifas, incentivos fiscais e etc. França se propôs em buscar soluções para as questões que foram abordadas na reunião.

 “As condições aqui são únicas e nos enchem de otimismo. Conte com o Itamaraty na abertura de novos mercados, assim como para a conclusão do acordo Mercosul e União Europeia”, afirmou o ministro.

Ainda segundo França, eles estão empenhados em realizar investimentos na região com a finalidade de ampliar ainda mais as exportações de frutas do Brasil, visto que lá tem todas as condições favoráveis para multiplicar os números já apresentados.

O presidente da APEX-Brasil, Augusto Pestanha, que também esteve visitando o Vale do São Francisco afirmou que a entidade está junto ao setor produtivo cumprindo uma de suas obrigações que é auxiliar os fruticultores a desenvolver a sua potencialidade, principalmente, com apoio nas feiras nacionais e internacionais na promoção das frutas brasileiras

Para o presidente da Abrafrutas, a visita do ministro e do presidente da Apex-Brasil foi muito importante para o setor, pois conhecer de perto o trabalho realizado pelos produtores, trabalho que agrega no crescimento do país, é bom para compreensão das demandas existentes e, assim, no auxílio e apoio que precisam.

“Fiquei muito satisfeito com o encontro. O ministro demonstrou sensibilidade quanto à consolidação do acordo com a Comunidade Europeia. Atualmente, pagamos entre 8% a 14% sob o valor de venda da mercadoria. Queremos a isenção desse imposto“, explicou Guilherme Coelho

Por: Telma Martes, comunicação Abrafrutas