logo-abrafrutas
 - 
English
 - 
en
Portuguese
 - 
pt
Spanish
 - 
es
[gt-link lang="en" label="English" widget_look="flags_name"]
[gt-link lang="es" label="Españhol" widget_look="flags_name"]

ENTRE EM CONTATO

+55 61 4042-6250

Produtores do ES ‘vestem’ abacaxis com papel para proteger as frutas do calorão e garantir colheita

Produtores do ES 'vestem' abacaxis com papel para proteger as frutas do calorão e garantir colheita — Foto: Reprodução TV Gazeta

Produtores do ES ‘vestem’ abacaxis com papel para proteger as frutas do calorão e garantir colheita — Foto: Reprodução TV Gazeta

Os produtores rurais de Marataízes, no Sul do Espírito Santo, estão recorrendo a uma técnica antiga para proteger os abacaxis do calorão os últimos dias: vestir as frutas com papel. De acordo com a prefeitura do município, pelo menos duas mil famílias vivem do plantio da fruta e a produção chega a mais de 40 mil toneladas de abacaxi por ano.

“Se não fosse o papel que a gente usa para cobrir a fruta, uma roça dessa já teria perdido cerca de 90% [da produção]. Mas como a gente cobre com papel, como a gente vê que o pé tá tombando um pouquinho e a gente levanta, temos todos um cuidado, está dando certo, graças a Deus”, disse o produtor rural José Brandão.

 

Produtores do ES 'vestem' abacaxis com papel para proteger as frutas do calorão — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Produtores do ES ‘vestem’ abacaxis com papel para proteger as frutas do calorão — Foto: Reprodução/TV Gazeta

A prática de cobrir o fruto com o papel é comum entre os produtores, mas precisou ser antecipada por causa da onda de calor que atingiu o Brasil no mês de novembro de 2023.

De acordo com a técnica do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Espírito Santo (Senar) Maria Maitan, a cuidado nos dias quentes também deixa o abacaxi mais caro.

“O fruto recoberto recebe uma menor incidência solar, assim ele é protegido e não queima, não cozinha a poupa dele. Se o produtor tem que cuidar da fruta desde a colheita, isso também encarece o produto”, explicou a técnica.

 

Produção de abacaxi é recoberta com papel em lavoura do ES — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Produção de abacaxi é recoberta com papel em lavoura do ES — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Para o produtor rural José Brandão, o lucro diminui devido ao aumento de custo, mas o resultado final é gratificante.

“A gente faz isso porque a gente não pensa só no lucro. A gente pensa em levar para os nossos clientes um abacaxi de qualidade”, disse o produtor.

 

Abacaxis podem queimar, caso fiquem no sol. Produtores do ES passaram a vestir os frutos com papel — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Abacaxis podem queimar, caso fiquem no sol. Produtores do ES passaram a vestir os frutos com papel — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Fonte: g1 ES e TV Gazeta