Paralisação não gera desabastecimento nos sacolões, mas preços de frutas disparam

Diretor do Mercado Mineiro, Feliciano Abreu, defende que é necessário ter calma e pesquisar antes de comprar: ‘o pânico só vai gerar lucro para vários estabelecimentos’ Foto: Reprodução/Pedro Ribas/SMCSElevação de preços foi especialmente percebida nas frutas, como limão e laranja A paralisação de caminhoneiros intensificada entre a noite de quarta-feira (8) e a madrugada de…