logo-abrafrutas
 - 
English
 - 
en
Portuguese
 - 
pt
Spanish
 - 
es
[gt-link lang="en" label="English" widget_look="flags_name"]
[gt-link lang="es" label="Españhol" widget_look="flags_name"]

ENTRE EM CONTATO

+55 61 4042-6250

FRUTICULTURA BAIANA É DESTAQUE INTERNACIONAL PELA QUALIDADE

Estados Unidos, União Europeia e Mercosul. Esses são os três principais destinos da fruticultura baiana, que tem recebido destaque no cenário externo.  Segundo reportagem do A Tarde Agro, os produtores baianos têm conseguido atender as normas de qualidade requeridas tanto pelo mercado interno quanto pelo externo, especialmente por países como os Estados Unidos e blocos econômicos como União Europeia e Mercosul.  As perspectivas de expansão da fruticultura tropical são excelentes devido ao clima favorável, às áreas disponíveis para irrigação e à possibilidade de obtenção de duas ou mais safras por ano.

Além da produção de espécimes tropicais, o clima propiciado pela altitude da Chapada Diamantina tem atraído produtores para o cultivo de frutas como ameixa, morango, caqui e uva para produção de vinhos finos – todas elas típicas de regiões de clima temperado –, diversificando ainda mais a atividade no estado da Bahia.

O café tem sido referência em qualidade e se destacado em prêmios internacionais, nos quais a Bahia demonstra excelentes vantagens competitivas para a conquista de mercados mais exigentes. O estado ganha visibilidade na produção de cafés especiais, cada vez mais procurados em todo o mundo, consolidando assim o mercado baiano no setor. Uma das grandes vantagens competitivas é o clima favorável, além de abarcar três polos de produção, diferentes tipos de grãos, cultura crescente de café orgânico e do tipo fino.

Na lavoura cacaueira, o destaque está na transformação e na tendência de crescimento do mercado, contemplando o maior potencial do país para produzir e processar o cacau, fazendo o processamento primário de 95% da safra nacional – transformação da amêndoa em torta, manteiga e licor. A Bahia possui todos os elos da cadeia produtiva do cacau e do chocolate, desde a produção de amêndoas, passando pelo processamento, até chegar à fabricação do chocolate, sendo destaque no ranking nacional. Isso sem contar com o cacau irrigado do cerrado, que tem apresentado resultados promissores. Em toda a região, a utilização das novas tecnologias tem contribuído para aumento da produção cacaueira.

Foto: Fonte:CNA / Foto:Reprodução